Errar duas vezes é burrice

Como a história é uma espiral ascendente, não acredito que Lula, se vencer a eleição para presidente deste ano, vá repetir os erros que cometeu durante os governos do PT.

No período em que esteve preso, Lula deve ter refletido e aprendido que a nossa classe dominante é desprezível e não merece nenhuma consideração. Foi ela que armou toda a conspiração do impeachment da Dilma e da sua prisão, abrindo espaço para uma aventura irresponsável que foi a eleição de um milico sem o menor preparo para dirigir um país continental como o Brasil.

O meu partido, o PSOL, é uma dissidência do PT. Fomos expulsos ainda no início do governo por não concordar com os rumos que o governo petista vinha tomando, como a reforma da previdência junto com outros descaminhos.

Porém, não é por isso que o PSOL alimenta algum revanchismo contra o PT. Temos uma visão mais radical da política brasileira. Temos nossos princípios e compromissos com o bem estar do povo que está acima de tudo, mas estamos dispostos a abrir mão (mais uma vez), dos nossos projetos e nossos pensamentos em nome de uma aliança que una os partidos de esquerda no País.

Mas vamos voltar ao assunto dos erros que os governos do PT cometeram nos 14 anos em que governou o País. É inegável que foram os melhores anos na vida dos brasileiros, principalmente para os mais pobres. Até os banqueiros e grandes empresários ganharam muito dinheiro, mas para essa gente não basta dinheiro. Eles querem o poder para oprimir e subjugar o povo.


ERRAR 2 VEZES É BURRICE – 2

Se o PT não tivesse se afastado das bases ele não precisaria do Centrão para governar o País. O povo seria o Centrão. Os políticos subestimam a força popular.

O PT nasceu nas portas de fábricas; nas associações comunitárias; sindicatos; nas CEBs; agricultura familiar; movimento negro; artistas; intelectuais e vários movimentos de minorias a partir da década de 80 quando foi fundado o Partido dos Trabalhadores, que no próximo dia 10 de fevereiro está de aniversário. São 42 anos de história.

A partir da fundação foi um frenesi. Frequentar lugares públicos com aquela estrela de plástico vermelha era um orgulho. As campanhas eleitorais eram feitas de forma amadora, na base da vaquinha para fazer “santinhos” pois ainda não havia estrutura financeira de um gabinete parlamentar como tinham os adversários políticos.


ERRAR 2 VEZES É BURRICE – 3

O crescimento e sucesso do PT aconteceu porque ele foi construído na base, na relação direta com o povo. Rapidamente o Partido começou a eleger centenas de parlamentares em todos os níveis da política brasileira. O PT chegou a ter a maior bancada na Câmara dos Deputados.

Elegeu milhares de vereadores, prefeitos, deputados, governadores, senadores, até chegar à Presidência da República.

Foi a partir daí que iniciou o grande erro do PT: O AFASTAMENTO DAS BASES.

O agente político que antes tinha um contato pessoal com o povo da vila, agora na condição de parlamentar eleito por este povo, usa apenas a tribuna para se comunicar, não vai mais na base. Este distanciamento fez com que o eleitor se sentisse abandonado, e mesmo, quando procurou o parlamentar encontrou muitas vezes a porta do parlamento fechada. “O deputado não vai poder atender agora porque está numa reunião”. O resto vocês já sabem.


FARIA LIMA…VAI TOMAR NO C*

Mas era só o que faltava. O mercado financeiro, a famosa rua Faria Lima, em São Paulo, querer ditar para o PT os rumos que o governo deve seguir caso o Lula vença a eleição para garantir a governabilidade.

Essa gente tinha que ir toda para a cadeia.

Eles são os grandes responsáveis pela situação desastrosa do Brasil. Foram eles que ajudaram a eleger o milico. Por acaso eles têm voto. O que eles sabem fazer muito bem é financiar as campanhas dos políticos corruptos para fazerem lobby para os seus interesses financeiros no Congresso.

O que essa gente do tal mercado precisa saber é que o Brasil não aguenta mais esses sangue sugas que sempre levaram vantagem, mesmo em períodos difíceis como o que estamos vivendo. Vejam os dados dos resultados econômicos durante a pandemia: OS POBRES EMPOBRECERAM MAIS, ENQUANTO OS RICOS DUPLICARAM SUAS RIQUEZAS.

Gostei do recado que o Lula deu para os riquinhos da Faria Lima na entrevista à oito canais da imprensa independente . A prioridade do seu governo não vai ser o mercado, vai ser o povo.

Em tempo: Fui pesquisar para ter certeza de que não iria ofender a honra de Faria Lima, nome da avenida paulista que é o símbolo do capitalismo. Faria Lima foi um político militar da ARENA no golpe militar de 1964 e morreu em 1969. Então seu Faria Lima, vai tomar no c* duas vezes.


O FUNDÃO DA VERGONHA

A aprovação do orçamento de 2022 pelo presidente Bolsonaro foi mais uma facada nas costas do povo brasileiro, pois junto foi aprovado o FUNDÃO ELEITORAL de quase 6 bilhões para os políticos gastarem em suas campanhas eleitorais.

O pior é que não é só a direita que está envolvida nesta pouca vergonha. Os partidos de esquerda também estão, embora a maioria dos parlamentares de esquerda tenha votado contra o FUNDÃO. Agora que foi aprovado, será que os deputados e senadores de esquerda vão usar a verba do FUNDÃO, ou vão devolver.

Este financiamento de campanha com dinheiro público é uma canalhice. Alguém acredita que os candidatos não vão receber dinheiro por fora de banqueiros e grandes empresários como sempre aconteceu, o famoso caixa 2?


DEUS OU DINHEIRO?

Mandatários de direita, de vários países, acharam que o mundo iria aceitar suas teorias e ideologias negacionistas no combate à pandemia. Ainda bem que são poucos, mas mesmo assim atrapalham muito confundindo as pessoas com crenças falsas e anticientíficas. Mas o que mais surpreende, além destes políticos irresponsáveis, são as celebridades.

Artistas e esportistas renomados em todo mundo decepcionaram seus fãs. O caso mais recente é o do tenista sérvio, Novak Djokovic. Se negou a tomar vacina e achou que por ser rico e famoso poderia quebrar as regras australianas para disputar o Aberto daquele país. Na verdade, o Djokovic não é um crente religioso como esses evangélicos fanáticos. Tanto é que investiu em ações de uma empresa de pesquisas no combate a covid 19. Claro que também tem um viés religioso a sua decisão. Só que agora o tenista sérvio vai ter que tomar uma decisão: ou toma a vacina para disputar o torneio de Roland Garros na França, ou segue sua religião e deixa de somar mais alguns milhões na sua polpuda conta bancária.

Eu aposto que ele vai se vacinar, continuar jogando e ganhando muito dinheiro. Quanto a deus, é só pedir perdão.


KIT MANICURE

Não poderia encerrar a coluna sem falar de mais uma safadeza da milicada do governo.

Eles não perdem chance de meter a mão na cambuca. Criaram agora mais uma mamata.

O gabinete do Comando do Exército gastou mais de meio milhão de reais com souvenirs. Os itens vão desde prendedor de gravatas, porta cartões, canetas, entre outros supérfluos. Mas o que chamou mais a atenção foram os kits manicures.

Preconceituoso como é, acho que o Jair não vai gostar da compra deste item feminino dentro do exército.

Hélio Ortiz é professor, produtor cultural, e foi Secretário Municipal da Cultura e Esporte de Viamão durante os governos do PT.