IBGE divulga resultado de teste realizado em Viamão para a coleta de dados

Após adiamento por conta da pandemia de covid-19, recenseamento começa no dia 1º de agosto em todo o país . . .

A menos de cinco meses do Censo 2022, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou o resultado da prévia realizada aqui em Viamão, na Região Metropolitana, e em outros 26 municípios do país.

O teste de homologação, como foi chamado, buscou avaliar o desempenho dos equipamentos, do sistema de coleta, dos questionários e da captura de coordenadas de GPS, além da abordagem da população. Em 1º de agosto, mais de 200 mil agentes percorrerão mais de 70 milhões de domicílios para fazer o raio X da população brasileira.

Inicialmente, o recenseamento estava marcado para 2020. No entanto, por conta da pandemia de covid-19, foi adiado para 2022.

No teste realizado no Jardim Estalagem, em Viamão, os agendes visitaram 1.455 endereços durante o mês de novembro de 2021, recenseando 3.623 pessoas. Do total de entrevistas, 97% foram na modalidade presencial, 2,7% pela internet e apenas 0,3% por telefone. Mesmo com a prévia, essas pessoas serão novamente visitadas durante o Censo oficial.

Segundo o presidente do instituto, Eduardo Rios Neto, o teste cumpriu seus objetivos.

— Além de testar a operação em campo, o grande objetivo foi mostrar à população os benefícios do Censo e ainda gerar mobilização e dar visibilidade à operação. Isso foi feito com muito sucesso, graças a apoios e parcerias que merecem nosso profundo agradecimento — avalia o diretor de Pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo.

Para garantir a segurança dos recenseadores e dos moradores durante os testes, as equipes do IBGE trabalharam seguindo protocolos sanitários de segurança contra a covid-19, com o uso de máscara, higienização das mãos e equipamentos com álcool gel e distanciamento social.

Além de realizar uma fotografia da população brasileira, o Censo é usado para embasar políticas públicas em diversas esferas do governo, tanto em nível municipal quanto estadual e federal.

Jornal Sexta, imprensa livre e independente. De Viamão para toda a Região Metropolitana de Porto Alegre e para o mundo. Desde 2010 (quando era ainda impresso), e para sempre.