LULAPalooza e a inevitável Nova Ordem Mundial

O DAY AFTER NA UCRÂNIA

Anotem aí o que vai acontecer na Ucrânia depois fim da guerra com a Rússia. Os EUA e a União Europeia depois de não conseguirem filiar a Ucrânia à OTAN, com o objetivo de num futuro próximo invadirem a Rússia, vão abandonar os ucranianos quando a guerra acabar.

Quando os refugiados ucranianos voltarem para suas casas vão encontrar só ruínas e aí vamos ver se a solidariedade dos ocidentais aos ucranianos era realmente humanismo ou interesse econômico e expansionista.

Vamos ver se os bilhões de dólares que os americanos mandaram em ajuda bélica para o fanfoche Zelenski, vai ser a mesma para a reconstrução da Ucrânia.


CARA PINTADAS – O RETORNO

Que merda para o milico, terrivelmente careta, esta nova onda de revolta dos jovens contra ele e seu desgoverno, manisfestadas em shows musicais por todo Brasil.

Lembram dos CARA PINTADAS? Eles foram os responsáveis pelo impeachment do Collor Walita, aquele que aspirou quase todo pó do País. Aliás, eu vi ele na TV no palanque do Jair com uma caneta BIC, “sem carga”, no bolso (brincadeirinha).

O LOLLAPALOOZA (que virou Lulapaluza) foi uma amostra grátis do que vai acontecer nos grandes shows e eventos até as eleições de outubro. E agora em junho tem o ROCK IN RIO. A pop star mundial, Anita, vai causar muita dor de barriga no milico. Depois que vários artistas pediram que os jovens tirem seus títulos no Lollapalooza, uma semana depois o TSE registrou 879.000 de novos títulos de jovens entre 15 e 18 anos.

É a volta dos CARAS PINTADAS?


VEM AÍ O BOZOPALUZA, o milico

Em contra partida ao LULAPALOOZA e ao Rock in Rio vai lançar o BOZOPALUZZA. Entre as atrações como Bruno e Marrone e outras duplas do sertanojo brasileiro, teremos como apresentador do festival o grande pop star do momento, Sergio Reis. Vai ser proibido “tomar” maconha no evento.

Evangélicos, com bíblia, terão 50% de desconto.

Além do Bozopaluzza o governo vai promover antes da eleição o MERDANEJO IN RIO, para também contrapor o ROCK IN RIO. As melodias vão concorrer ao GRAMMY 2023.


A NOVA ORDEM MUNDIAL

A história é uma espiral ascendente. Ela não volta para trás. O sistema capitalista começa a dar sinais de esgotamento, pois a vida assim como a história têm seus ciclos. Nascem, crescem e morrem. O capitalismo não consegue mais convencer que é o melhor sistema político para o mundo.

O capitalismo não consegue explicar que em pleno século 21, onde as conquistas do homem são imensuráveis, com capacidade de levar o ser humano até outro planeta, este mesmo ser humano não consegue resolver coisas básicas da vida das pessoas, como moradia, educação, saúde, alimentação e emprego para todos. Nem vamos falar em lazer que também é um direito universal.

Este sistema perverso só atende os interesses de poucas pessoas, considerando a população mundial.

No Brasil por exemplo, 5% da população detêm em suas mãos 85% das riquezas do País, conforme os órgãos de estatísticas. A guerra entre a Rússia e Ucrânia é a ponta do iceberg para uma ruptura radical no planeta. Vladimir Putin não invadiu a Ucrânia simplesmente porque é mau, e os EUA não defendem os ucranianos porque são bonzinhos. A história de invasões e guerras dos americanos mostram muito bem quem são eles.

O mundo ocidental está cheirando mal e o oriente está avançando rumo a uma nova ordem mundial. A CHINA vai ser o timoneiro dessa nova ordem.


ESPORTE E POLÍTICA

Não entendi porque o time do Ipiranga de Erechim colocou a bandeira do Brasil na camiseta do clube canarinho.

É um direito de qualquer político ser torcedor de qualquer time de futebol.

O Lula é torcedor do Corinthians assim como o milico é torcedor do Flamengo.

A maioria dos torcedores do Flamengo é bolsonarista, assim como a grande maioria dos torcedores do Corinthians são lulistas. Até aí tudo bem. Só que nem o Corinthians e nem o Flamengo colocaram a bandeira do Brasil, que hoje, infelizmente, é um símbolo bolsonarista, em seus uniformes. Um sinal de respeito aos torcedores flamenguistas lulistas e aos torcedores corinthianos bolsonaristas.

O Grêmio e o Inter também não têm bandeira do Brasil no uniforme. Retiro tudo que escrevi e peço desculpas se antes de 2019 o Ipiranga já tinha a bandeira do Brasil no seu uniforme.


A BÍBLIA VIROU PANFLETO

O ex Ministro da Educação, Milton Ribeiro, abriu um sério precedente ao colocar uma foto dele com a esposa, e de seus comparsas na bíblia sagrada.

Agora a boiada vai passar. Poderemos ver nas próximas edições da bíblia, fotos do milico fazendo propaganda política no livro sagrado. Na eleição passada deus foi um baita cabo eleitoral dele mas parece que está arrependido.

Hélio Ortiz é professor, produtor cultural, e foi Secretário Municipal da Cultura e Esporte de Viamão durante os governos do PT.