Viamão terá Romer Guex como pré-candidato a Deputado Federal

O advogado, professor e ex-vereador de nossa cidade, e que na última eleição (2018) fez 50 mil votos para o senado, volta a disputa neste pleito buscando uma vaga na Câmara dos Deputados . . .

O viamonense Romer Guex, que foi secretário municipal nos governos Tapir Rocha e Jorge Chiden, tem um longo histórico de realizações e de lutas em prol de melhores condições sociais aos menos assistidos e de melhorias para Viamão.

Dirigente estadual do PSOL, tem se dedicado nos últimos anos a construção do partido no interior do RS, fato esse, que lhe dá a condição concreta de eleger-se.

Segundo ele, o que falta para os candidatos que representam Viamão é ter votação em outras cidade:

“Viamão não consegue eleger deputados, porque todos que concorrem nunca fazem votos fora da cidade. Se não fosse os 5 mil votos obtidos fora de Viamão, nem o Tapir Rocha teria sido eleito.”.

O PSOL terá que eleger no Rio Grande do Sul dois deputados federais, para cumprir a evolução da cláusula de barreira, e Romer se coloca nesta disputa. Segundo o pré-candidato, o problema do pais não está só no Poder Executivo e não deve o eleitor deixar-se dominar unicamente pelo debate Bolsonaro x Lula.

“A câmara dos Deputados, com seu centrão é outro câncer que deve ser combatido. Além disso, temos que questionar as regalias dos Poderes, as indicações políticas para o judiciário, as mordomias dos militares e as imoralidades como: auxílio moradia para juízes que moram no que é seu, pensão para filhas ‘solteiras’, salários para Vereadores e assessores nas Câmaras municipais, em municípios de médio e pequeno portes, que se tornaram exclusivamente carimbadores de projetos dos prefeitos, aprovadores de nome de ruas e entregadores de moções de parabenização, entre outros”.

O ex-vereador salienta ainda, que é a Câmara dos Deputados hoje, o único parlamento que consegue destinar recursos as cidades através dos polpudos valores que possuem os Deputados como emendas parlamentares.

Jornal Sexta, imprensa livre e independente. De Viamão para toda a Região Metropolitana de Porto Alegre e para o mundo. Desde 2010 (quando era ainda impresso), e para sempre.