Polícia recupera na Bahia mais equipamentos furtados do hospital de Viamão

Desde a prisão da suspeita, uma técnica de enfermagem de 24 anos, no Bairro Cohab aqui em Viamão, já foram identificados cinco receptadores de materiais repassados pelo governo estadual para combater a covid-19 . . .

A Polícia Civil divulgou neste sábado (21) que localizou nesta semana no Estado da Bahia mais equipamentos furtados do Instituto de Cardiologia – Hospital de Viamão. Depois de prender no dia 12 deste mês uma técnica de enfermagem da instituição que furtou e revendeu 35 materiais repassados pelo governo estadual para combater a covid-19, os agentes já realizaram mais três ações, encontrando 14 bombas de infusão e um eletrocardiógrafo. O prejuízo avaliado é superior a R$ 250 mil.

A investigação é do titular da Delegacia de Repressão às Ações do Criminosas Organizadas (Draco), delegado Eduardo Amaral. Com apoio de agentes baianos, ele diz que um médico que possui duas clínicas em Salvador foi reconhecido como um dos cinco receptadores. Nos dois estabelecimentos, foram cumpridos três mandados de busca e recuperadas cinco bombas de infusão. O médico foi ouvido e liberado.

Anteriormente, outras nove bombas de infusão e um eletrocardiógrafo foram recuperados em quatro clínicas veterinárias em Porto Alegre, nos bairros Restinga, Rubem Berta e Sarandi, e também em Alvorada. Um médico veterinário, que possui estabelecimento na Restinga, chegou a ser preso, mas pagou fiança e foi solto. Amaral acredita que são pelo menos 10 receptadores espelhados pelo país, já que a criminosa revendia — mediante valores muito abaixo do preço de mercado — os materiais hospitalares pela internet.

— O mapeamento dos equipamentos subtraídos e seus receptadores foi realizado por meio do rastreio das vendas por plataforma digital e outros canais informais de vendas de produtos usados — diz o delegado.

O inquérito da investigação, que iniciou há sete meses, deve ser concluído no início de junho. Todos os receptadores — o médico baiano e quatro médicos veterinários gaúchos —serão responsabilizados, e a técnica de enfermagem vai responder por furto e concussão. Este último delito se refere ao fato de um servidor se valer do cargo para obter vantagem ou para desviar bens públicos. No dia 12 deste mês, policiais da Draco de Viamão cumpriram um mandado de prisão, cinco de busca e 10 referentes a bloqueios de contas bancárias.

A investigação continua e por isso o nome da suspeita de 24 anos presa de forma preventiva no bairro Cohab, em Viamão, não foi divulgado. O delegado Amaral diz que qualquer denúncia pode ser repassada pelo telefone (51) 3435-9186.

Jornal Sexta, imprensa livre e independente. De Viamão para toda a Região Metropolitana de Porto Alegre e para o mundo. Desde 2010 (quando era ainda impresso), e para sempre.